Seja Grato!

Padrão

Depois de um longo período hibernando, é hora de dar uma sacudida na poeira! Vamos começar falando sobre gratidão!!

“A vida deveria ser uma celebração contínua, um festival de luzes por todo o ano. Somente então você pode se desenvolver, você pode florir. Transforme pequenas coisas em celebração… Tudo o que você faz deveria expressar a si próprio; deveria ter a sua assinatura. Então a vida se torna uma celebração contínua.” Osho

Estar vivo é uma dádiva e talvez seja difícil perceber isso em meio a tantos problemas pelos quais passamos. Ver tantas injustiças, guerras, a violência urbana, faz com que tenhamos essa visão turva de que a vida é complicada e não vemos razão de viver em meio a tudo isso. Mas, em muitos momentos ao longo da nossa existência, vivemos situações que nos inundam de plenitude, contentamento, felicidade, e então, lembramos-nos de agradecer. Agradecemos pela comida que tivemos ao longo dos anos, agradecemos pelo teto, pela cama e cobertas, agradecemos pelas situações pelas quais passamos e nos fizeram mais fortes.

Ser grato pela vida, por existirmos, deveria ser algo cotidiano, mas é difícil manter essa sensação quando nos focamos nas contas a pagar, na lista do supermercado, nas roupas que queremos, nos ritos que precisamos fazer. Vamos vivendo no automático, até que um outro evento arrebatador nos lembre de sermos gratos novamente,  e aí agradeceremos e esqueceremos. Acredito que o problema esteja no modo como vivemos, sempre pensando que somos imortais, sempre deixando para viver amanhã, amar amanhã, agradecer amanhã. Não vivemos o presente como um presente e não nutrimos a gratidão pelo sopro de vida que nos foi dado.

Pense nisso!! 😉

Vernon Kirke

Sacerdote. Bruxo. Magister. Devoto. Amante. Amor.

 

Anúncios

Sobre Vernon Kirke

Eu sou pagão e vivencio minha religião. Sou a parte de um todo. Sou único e complexo. Eu me completo, me basto e me satisfaço. Sou capaz de mudar de ideia como mudo de roupa. Amo na mesma intensidade com a que posso odiar. Gosto de amigos sinceros e amores intensos. Gosto do vento que anuncia a chuva, gosto do barulho da chuva e do ar melancólico que ela causa no ambiente. Gosto quando o vento embaralha meus sentimentos e confundi minhas ideias. Sonho e realizo muito. Escuto mil vezes a mesma música, danço na frente do espelho. Tenho medo do escuro. Choro fácil. Tenho sorrisos tímidos e olhares provocantes. Ás vezes acordo achando a vida desbotada, sem cor, e sinto-me apodrecer por dentro, nesses dias, tenho a certeza que meu coração parou e minha alma resolveu tirar férias, além de me encontrar vazio de pensamentos e sentimentos. Odeio injustiças, falta de caráter, ingratidão, traição e algumas pessoas que ocupam todo o seu tempo se metendo na vida dos outros. Gosto do perfume exalado por outros corpos, beijos lentos e abraços apertados. Estou sempre lendo. E a música já virou rotina na minha vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s