Arquivo mensal: maio 2010

Momento Forró [do Muído]

Padrão

Eu e Você.

Sorte

Anúncios

Mais Uma Vez – Jota Quest

Padrão

Te tenho com a certeza
De que você pode ir
Te amo com a certeza
De que irá voltar
Pra gente ser feliz
Você surgiu e juntos
Conseguimos ir mais longe
Você dividiu comigo a sua história
E me ajudou a construir a minha
Hoje mais do que nunca somos dois
A nossa liberdade é o que nos prende
Viva todo o seu mundo
Sinta toda liberdade
E quando a hora chegar, volta…
Que nosso amor está acima das coisas desse mundo
Vai dizer que o tempo
Não parou naquele momento
Eu Espero por você
O tempo que for
Pra ficarmos juntos
Mais uma vez

Te tenho com a certeza
De que você pode ir
Te amo com a certeza
De que irá voltar
Pra gente ser feliz
Você surgiu e juntos
Conseguimos ir mais longe
Você dividiu comigo a sua história
E me ajudou a construir a minha
Hoje mais do que nunca somos dois
Vai dizer que o tempo
Não parou naquele momento
Eu espero por você
O tempo que for
Pra ficarmos juntos
Mais uma vez
(não parou naquele momento
eu espero por você
o tempo que for
nos vamos estar juntos…
mais uma vez)

Pensando Alto…

Padrão

Bem, não sei ao certo se é influência do ano, ou só do semestre, ou ainda de Beltane. Mas, as pessoas estão constantemente falando de relacionamentos, de casos de amor. Em todos os lugares, em algum momento, esse assunto entra em cena.

Muitas pessoas estão terminando um relacionamento longo, outras começando, outras estão desiludidas, algumas nutrem um amor proibido, algumas estão se tornando bissexuais, outros apenas curiosos. Enfim, tudo mundo estranho.

Eu acredito que em algum momento todos já sonhamos com a pessoa ‘perfeita’, ou melhor, certa. Se é que ela existe. Aquela ou Aquele com quem gostaríamos: de passar os restos dos nossos dias, ir ao supermercado, de jantar junto todas as noites, de dormir de conchinha, de acordar abraçados ou com um beijo de bom dia, de ir a praia aos domingos, de acampar em um final de semana, de alugar um chalé no feriado, de viajar para Europa, de rir com bobagens, de dividir momentos descontraídos etc.

É um desejo que nutrimos de ter um alguém especial. Alguém que você sabe que no final de um dia estressante vai estar te esperando. Mas, para ter tudo isso, ás vezes, é preciso abrir mão de algumas coisas.  Namorar é uma espécie de contrato onde as pessoas assumem um compromisso. Viver junto, é como o nome diz, é viver JUNTO. Temos que aprender a dividir, a compartilhar, a ter paciência, a ceder quando for preciso, a esperar, a conversar. É um reaprender a viver. Para alguns isso é muito bom, para outros, não.

E em uma das minhas conversas via MSN eu percebi que as pessoas não procuram essa pessoa certa ou ‘perfeita’, seja pra casar ou namorar, só para elas. Mas, para os amigos, os familiares, e a sociedade. E eu fico indignado com isso. É com você que ela irá namorar e caso deseje ‘casar’, no sentido de morar junto, será com você que ela irá morar. Então, a decisão tem que ser sua e por você. Antes da família, dos amigos, e da sociedade, você está em primeiro lugar.

P.S.: Dia dos namorados chegando. Alguém sabe onde vai rolar uma festa para os Solteiros/Encalhados e Afins? Eu tô dentro. Acho muito difícil sair do #Solteiro para #Namorando em tão pouco tempo..rs.rs..rs

O Avesso dos Ponteiros – Ana Carolina

Padrão

O Avesso dos Ponteiros

Sempre chega a hora da solidão
Sempre chega a hora de arrumar o armário
Sempre chega a hora do poeta a plêiade
Sempre chega a hora em que o camelo tem sede

O tempo passa e engraxa a gastura do sapato
Na pressa a gente não nota que a Lua muda de formato
Pessoas passam por mim pra pegar o metrô
Confundo a vida ser um longa-metragem
O diretor segue seu destino de cortar as cenas
E o velho vai ficando fraco esvaziando os frascos
E já não vai mais ao cinema

Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
Tudo passa e eu ainda ando pensando em você

Penso quando você partiu
Assim… sem olhar pra trás
Como um navio que vai ao longe
E já nem se lembra do cais
Os carros na minha frente vão indo
E eu nunca sei pra onde
Será que é lá que você se esconde?

Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
Tudo passa e eu ainda ando pensando em você

A idade aponta na falha dos cabelos
Outro mês aponta na folha do calendário
As senhoras vão trocando o vestuário
As meninas viram a página do diário

O tempo faz tudo valer a pena
E nem o erro é desperdício
Tudo cresce e o início
Deixa de ser início
E vai chegando ao meio
Aí começo a pensar que nada tem fim…

Confesso – Ana Carolina

Padrão

Confesso
Ana Carolina

Confesso acordei achando tudo indiferente
Verdade acabei sentindo cada dia igual
Quem sabe isso passa sendo eu tão inconstante
Quem sabe o amor tenha chegado ao final

Não vou dizer que tudo é banalidade
Ainda há surpresas mas eu sempre quero mais
É mesmo exagero ou vaidade
Eu não te dou sossego, eu não me deixo em paz

Não vou pedir a porta aberta é como olhar pra trás
Não vou mentir nem tudo que falei eu sou capaz
Não vou roubar teu tempo eu já roubei demais

Tanta coisa foi acumulando em nossa vida
Eu fui sentindo falta de um vão pra me esconder
Aos poucos fui ficando mesmo sem saída
Perder o vazio é empobrecer

Não vou querer ser o dono da verdade
Também tenho saudade mas já são quatro e tal
Talvez eu passe um tempo longe da cidade
Quem sabe eu volte cedo ou não volte mais

Não vou pedir a porta aberta é como olhar pra trás
Não vou mentir nem tudo que falei eu sou capaz
Não vou roubar teu tempo eu já roubei demais

Não vou querer ser o dono da verdade
Também tenho saudade mas já são quatro e tal
Talvez eu passe um tempo longe da cidade
Quem sabe eu volte cedo ou não volte mais

Vídeo Aqui!