Reflexões da Semana..

Padrão

Fé!

Se você perguntar as pessoas ao seu redor se elas têm fé, muitas dirão que sim. Mas, não é isso que eu vejo no dia-a-dia. A fé das pessoas só existe da boca pra fora. Eu mesmo acredito me incluir nesse grupo.

 Eu fico pensando quantas e quantas vezes a Deusa me testou para saber até onde ia a minha fé, e eu sinto vergonha, por que sei que falhei em quase todos os testes. Fé não é um sentimento que pode ser mascarado ou fingindo como os outros. Fé é um sentimento que surge do âmago do ser, da parte mais sombria, do abismo desconhecido que temos medo de explorar.

Perdi a conta das diversas situações em que me vi suplicando pela ajuda Dela. Porém, será que eu realmente acreditei, confiei cegamente, em todas ás vezes que pedi à Ela? Não sei. Mas fé é isso. É confiar cegamente na divindade em que se cultua, é acreditar que ela pode te ajudar, é acreditar na ajuda dela, é confiar, é caminhar, por uma corda bamba que une dois abismos, de olhos vendados. Fé é um sentimento que te toma e que te ampara, a fé tira ás dúvidas e a insegurança, a fé te acolhe como uma mãe bondosa e te protege dos monstros cotidianos.

Mas, com todos os testes que Ela colocou na minha vida, eu percebi que a fé pode ser construída, desenvolvida, alimentada, e é isso que Ela estava querendo me dizer. A fé surge quando você aprofunda o contato com os seus Deuses, quando a ficha cai, e você percebe que viver por você não tem tanta graça, o bom é viver por eles e para eles. Fé é quando você não tem vergonha de suplicar pelos seus, onde quer que você esteja. Quando você se permite conhecer a divindade e ser tocado por ela, a fé surge naturalmente, por que ela também representa confiança.

Tudo isso me leva a refletir no meu contato, na minha entrega, no meu serviço para com os Deuses. Na confiança que eu tenho neles. Tudo isso me leva a refletir no meu sacerdócio. É preciso entrega e coragem para atravessar os portais que conduzem à morada da Senhora do Submundo, pois Ela é quem transforma e só ela confere as chaves que abrirão os portais da iniciação.

Reflita!

Bênçãos de Hécate a Senhora dos Mistérios, dos Caminhos e da Magia!

Anúncios

Sobre Vernon Kirke

Eu sou pagão e vivencio minha religião. Sou a parte de um todo. Sou único e complexo. Eu me completo, me basto e me satisfaço. Sou capaz de mudar de ideia como mudo de roupa. Amo na mesma intensidade com a que posso odiar. Gosto de amigos sinceros e amores intensos. Gosto do vento que anuncia a chuva, gosto do barulho da chuva e do ar melancólico que ela causa no ambiente. Gosto quando o vento embaralha meus sentimentos e confundi minhas ideias. Sonho e realizo muito. Escuto mil vezes a mesma música, danço na frente do espelho. Tenho medo do escuro. Choro fácil. Tenho sorrisos tímidos e olhares provocantes. Ás vezes acordo achando a vida desbotada, sem cor, e sinto-me apodrecer por dentro, nesses dias, tenho a certeza que meu coração parou e minha alma resolveu tirar férias, além de me encontrar vazio de pensamentos e sentimentos. Odeio injustiças, falta de caráter, ingratidão, traição e algumas pessoas que ocupam todo o seu tempo se metendo na vida dos outros. Gosto do perfume exalado por outros corpos, beijos lentos e abraços apertados. Estou sempre lendo. E a música já virou rotina na minha vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s